Página inicial PP

Só Cazuza: músicos da orquestra de MS fazem turnê em homenagem ao cantor dos anos 80

Concerto inédito vai estar em 4 capitais brasileiras

Renata Fontoura
, atualizado em

Nove músicos do Instituto Moinho Cultural, entidade de Mato Grosso do Sul e do OCAMP (Orquestra de Câmara do Pantanal) participam da turnê “Exagerado” neste mês de abril, em homenagem ao Cazuza, ícone dos anos 1980. Além deles, integrantes da Nova Orquestra e outros jovens do Programa Vale Música também vão estar presentes no concerto inédito. 

Musicos de MS Instutito Moinho Cultural
Músicos de MS no Rio de Janeiro para a turnê em homenagem ao Cazuza. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

“Exagerado” terá direção artística do maestro Eder Paolozzi, regente titular da Nova Orquestra e da Funk Orquestra. Grandes sucessos do cantor estão entre as apresentações: “Ideologia”, “O Nosso Amor a Gente Inventa”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Codinome Beija-Flor”, “O Tempo Não Para”, “Exagerado”, entre outros. 

LEIA MAIS:

A turnê vai estrear nesta terça-feira (5), no Rio de Janeiro. A data é um dia anterior ao aniversário de Cazuza. Ele faria 64 anos neste 2022. No dia seguinte, 6 de abril, os músicos irão marcar presença em Vitória (ES); 8 de abril, em Belo Horizonte (MG); e 10 de abril, em Belém (PA). 

O concerto, além de ser patrocinado pelo Instituto Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, leva a bênção da mãe Cazuza, Lucinha Araújo. “Fico muito emocionada quando homenageiam meu filho, ainda mais com uma orquestra”, declarou.

Confira abaixo um dos ensaios dos músicos:

FALE COM O PP

Para falar com a redação do Primeira Página em Mato Grosso do Sul, mande uma mensagem pelo WhatsApp. Curta o nosso Facebook e nos siga no Instagram.

Quer deixar sua opinião? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais lidos

Fechar
Topo